MAIS PROXIMIDADE

Uma Ordem democrática, aberta à tua participação, que defenda todos por igual, que não se conforma com as adversidades, que age de forma planeada por uma profissão mais digna e sustentável.

A Ordem tem que se assumir como agente e catalisador da mudança, que congrega as tuas opiniões e ideias, numa verdadeira Casa do debate, da democracia e da acção. 

 

Reforço das estratégias de informação e valorização da Arquitectura:

  • Criação de um protocolo com o Ministério da Educação, para a implementação a nível nacional das iniciativas regionais “Vamos Procurar a Arquitectura“ e “PuEmA“ de serviço educativo e formativo da Ordem, com ligação ao sistema de ensino, direcionado do ensino pré-escolar ao 3º ciclo;

  • Estratégias de âmbito digital, com a promoção de conteúdos em plataformas online, para divulgação e valorização da Arquitectura e das boas práticas.

 

Reforçar socialmente a figura do arquitecto e as suas funções profissionais e sociais:

  • Reivindicar o papel dos Arquitectos nos modelos de desenvolvimento das cidades e junto da população, com o assumir de um tema para todo o mandato, o DIREITO À HABITAÇÃO, através de: conferências, debates, exposições, petições públicas, workshops, acções e encontros com associações e ONG’s relacionadas com o tema.

 

Programa e bolsa de arquitectos para divulgação das boas práticas junto da sociedade:

  • Criação de uma bolsa de arquitectos apoiados pela Ordem, para a realização de intervenções junto da comunicação social (entrevistas, reportagens, artigos de opinião, entre outras) focadas nas várias funções dos profissionais da Arquitectura e do seu papel na sociedade.

LISTA B CANDIDATA AOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS . TRIÉNIO 2020-2022

ORDEM ÉS TU