Sites fraudulentos

Listas A, B e D (apenas a C saiu ilesa) prejudicadas com a criação de domínios fraudulentos, enquanto se preparam as eleições aos órgãos sociais da Ordem dos Arquitetos para o triénio 2020-2022, levou o presidente desta entidade a decidir apresentar queixa ao Ministério Público, soube hoje a agência Lusa.


Em causa está uma alegada criação de quatro domínios e `sites` no quadro das futuras eleições, marcadas para junho, associados à Ordem dos Arquitetos, e que surpreenderam o seu presidente, José Manuel Pedreirinho.

Contactado pela Lusa, o presidente da direção nacional indicou que a queixa irá ser formalmente entregue esta semana, "contra uma pessoa que se identificou como responsável e outras envolvidas desconhecidas" nesta acção, que sugeria ter sido a Ordem a criar domínios `online`.

"É uma situação grave que tem de ter consequências", disse José Manuel Pedreirinho sobre o caso, que ocorreu em março, mas de que só agora a Ordem teve conhecimento, quando estava a ser finalizado o prazo para a entrega de candidaturas. O presidente da direção relatou que, depois de alguma investigação sobre a criação dos domínios, através da empresa que serve de intermediária, foi possível chegar a um arquiteto que se assumiu como culpado.


Mais info:

Facebook

Instagram

Linkedin


#aordemestu







LISTA B CANDIDATA AOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS . TRIÉNIO 2020-2022

ORDEM ÉS TU